Você conhece a Lei 80/20 aplicada no estudo para Concursos Públicos?

Você conhece a Lei 80/20? Você sabia que ela pode ser aplicada no estudo para Concursos Públicos?
A Lei de Pareto ou princípio 80/20 ou Lei dos Poucos Vitais ou princípio do Menor esforço, foi criada pelo economista italiano Vilfredo Pareto. Esta lei diz que: 80% das consequências são oriundas de 20% das causas.
Sua aplicabilidade afirma que os recursos (pessoas, bens, tempo, competências, assuntos de edital, provas de concurso público) tendem a se arranjar de forma a minimizar o trabalho. Dessa forma, de 20% a 30% dos insumos são responsáveis por 70% a 80% dos produtos.
Outro dia, infelizmente, quebraram o vidro do meu carro na tentativa de furtar. Ao chegar na empresa pra trocar o vidro, via seguradora, um funcionário conversava comigo, quando ele perguntou, por simples curiosidade, em que zona da cidade o fato ocorreu e eu logo disse onde havia ocorrido. Prontamente ele disse: “90% dos carros que dão entrada aqui via seguradora para troca de vidros quebrados por assaltantes advém de delitos cometidos na Zona X, a mesma que o Sr. estava”. Então, se a cidade é “grande” e apenas numa zona, talvez 5% a 10% da cidade ocorrem 90% dos delitos de arrombamento de vidros, então a lei poderia ser 90/5, 90/10, não é mesmo?
Pois bem, guardadas as considerações estatísticas e outra variáveis que não podemos controlar, venho aqui pra dizer algo bastante interessante:
Se você souber estudar com inteligência, mediante análise de questões, provas anteriores, edital, etc, é possível sim você encontrar os 20% dos assuntos ou das questões que representarão 80% dos pontos que valerão sua prova.
Essa ideia de estudar o edital inteiro, é até válida, quando se dispõe de bastante tempo e não queremos correr o risco de ler uma questão e não saber pra onde ir. Porém, não é a melhor maneira de conduzir um estudo, quando se tem tempo escasso.
Como nosso tempo é altamente precioso, devemos ser seletivos, ou seja, estudar primeiramente aquilo que tem maior probabilidade de vir na sua prova. E como sabemos disso? Ah…aí são “outros 500”. Ao longo dos meus cursos aqui no Supremacia eu vou dando dicas interessantes sobre isso. Com calma e inteligência podemos montar um “plano de ataque”  Rápido e fácil de aplicar. Acima de tudo, um plano excelente mediante a disponibilização de um edital. Primeiro percebemos o que é mais importante no edital e depois executamos o plano de maneira eficiente, por meio da resolução de questões.
Sinceramente, em alguns concursos que fiquei classificado eu estudava feito um louco, mas depois que li o livro do Richard Koch “O princípio 80/20 – os segredos para conseguir MAIS com menos nos negócios da vida”, comecei a ser bem mais seletivo, estudava bem menos e atingi resultados cada vez maiores e melhores.Claro, você concurseiro, que já tem muito o que ler e estudar, não vá agora ler o livro que indiquei, deixe comigo que vou apresentar as melhores maneiras de você achar seus 20% ou 30% mais importantes do seu edital.
Quando você for aprovado (Será logo) aí sim, você realiza essa leitura maravilhosa.
Forte Abraço!

Imprimir