Concurso Sefaz PI

O Governo do Estado do Piauí, enviou ontem (02 de maio), para a Assembleia Legislativa, o Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias para o ano de 2018. No projeto, o órgão requisita a inclusão de novo Concurso Sefaz PI, para 30 vagas no cargo de Auditor Fiscal da Fazenda Estadual.

Esta quantidade de vagas, se dá em razão do grande número de exonerações e aposentadorias ocorridas desde o último concurso da Secretaria, que ocorreu em 2015 e teve duração de um ano.

Concurso SefazPI

Além de estabelecer metas e prioridades para o próximo ano, a LDO traça as diretrizes para elaboração da Lei Orçamentária Anual, que deve tramitar na Alepi no segundo semestre deste ano. Para o próximo ano, as receitas e despesas totais apresentadas na meta fiscal são de R$ 10,174 bilhões, passando para R$ 10,886 bilhões no ano seguinte e R$ 11,633 bilhões em 2020, segundo dados da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz-PI).

O Último Concurso

O último Concurso Sefaz PI foi realizado pela banca Fundação Carlos Chagas e contou com a oferta de 10 vagas para Auditor Fiscal Estadual e 10 para Analista do Tesouro. Foram aprovados 40 candidatos para o cargo de Auditor Fiscal e 53 para Analista do Tesouro.

As inscrições tiveram taxas de R$ 135,00 para o cargo de Analista do Tesouro e R$ 180,00 para Auditor Fiscal.

Com remuneração de R$ 11.020,91 para Auditor, R$ 8.088,20 para Analista e carga horária de 40 horas semanais, este concurso exige nível superior com formação em qualquer área. Confira o Edital Sefaz PI 2015

Provas

As provas Objetivas foram realizadas na cidade de Teresina, nos dias 1 e 8 de fevereiro de 2015, nos turnos matutino e vespertino.

Concurso Sefaz PI

Prova de Títulos

Após habilitação nas provas objetivas os candidatos era analisados por seus títulos:

Concurso Sefaz PI

Curso de Formação

O curso de formação para os cargos de Auditor Fiscal da Fazenda e Analista do Tesouro Estadual tem por objetivo dotar o candidato de conhecimentos e habilidades que o capacitem para o exercício das respectivas funções. Os candidatos serão convocados por meio de Edital específico a ser publicado no Diário Oficial do Estado, observada a ordem de classificação final.

O curso de formação tem duração mínima de 130 horas aula, caráter eliminatório, exigindo-se aproveitamento de 60% (sessenta por cento) no geral e, será realizado em Teresina/PI. Durante a realização do Curso de Formação, os candidatos participantes terão direito a uma bolsa auxílio e será realizado pela Secretaria da Fazenda, sem a participação da Fundação Carlos Chagas.

Imprimir