Concurso PM-BA

Aumenta a expectativa da publicação do edital para o concurso da Polícia Militar do Estado da Bahia (PM-BA) em 2017.  A procuradora do Estado, Marcela Capachi Nogueira Soares, reuniu-se com representantes da Secretaria Estadual de Administração (Saeb), da Policia Militar da Bahia (PMBA), do Corpo de Bombeiros Militar (BM) e do Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC) para tratar do edital do concurso público para seleção de candidatos ao curso de formação de soldado da PMBA e do Corpo de Bombeiros, que será realizado ainda este ano. O objetivo do encontro foi analisar itens do edital e a condução das etapas do certame, em especial os procedimentos para a solicitação de atendimento especial aos candidatos travestis e transexuais.

Segundo o Governador do Estado, Rui Costa, todas as etapas do concurso serão realizadas em 2017, tanto as provas como as demais fases, como treinamentos. Ele informou que o certame deve ser iniciado ainda no mês de abril. A expectativa é de que as convocações comecem a partir de 2018. “Nossa meta é que, em 2018, já teremos esses novos concursados reforçando o trabalho da PM e dos bombeiros”, disse o Governador.

Banca Organizadora

O Governo do Estado definiu a empresa organizadora do concurso público para soldados da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar. E foi publicado no Diário Oficial o resumo da licitação, que sinaliza a contratação do Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC) para elaboração do edital e condução das etapas do concurso. Após a publicação desta sexta, a próximo passo na divulgação do certame é a publicação do edital, previsto para abril.

Das Vagas

Ao todo, serão ofertadas duas mil vagas para Soldados da Polícia Militar (PMBA) e 750 para o Corpo de Bombeiros Militar (BM). O Governador informou que além das 2 mil vagas para soldados, serão abertas 750 vagas para o Corpo de Bombeiros, 60 vagas para oficiais da PM, 30 para oficiais Bombeiros, 20 para oficiais médicos, além de 10 vagas para odontólogos. A quantidade de vagas oferecidas é um fator bastante motivador, além da grande possibilidade de convocação dos excedentes.

Inscrições e Remuneração

As inscrições poderão ser feitas após a publicação do edital do concurso, que deve ser publicado nos primeiros meses de 2017. A remuneração, composta de soldo e gratificações, é de até R$ 2.484 (30h) e R$ 3.019 (40h), tanto para o PM como para o BM. Quanto à escolaridade, os candidatos devem ter o nível médio concluído. O certame está sob a organização da Secretaria da Administração (Saeb).

Requisitos

Para  ingressar no Curso de Formação de Soldado da Polícia Militar da Bahia, é necessário preencher alguns requisitos, e com base no último edital, listamos alguns para você. (Não descartando a possibilidade de mudanças para o próximo edital).

 Ser brasileiro nato ou naturalizado ou gozar das prerrogativas previstas no art. 12 da Constituição Federal; Ter o mínimo de 18 (dezoito) e o máximo de 30 (trinta) anos de idade completos, comprovado por meio de documento de identidade atualizado, na data fixada para matrícula no Curso de Formação de Soldado da Polícia Militar. Considera-se 30 (trinta) anos, para o candidato que tenha até 30 (trinta) anos, 11 (onze) meses e 29 (vinte e nove) dias no ato da matrícula no Curso de Formação de Soldado da Polícia Militar; Possuir Carteira Nacional de Habilitação válida, categoria B.

 Possuir o curso de Ensino Médio completo (antigo 2º grau) ou curso técnico equivalente; Possuir estatura mínima 1,60 m para candidatos do sexo masculino e 1,55 m para candidatas do sexo feminino; Estar em dia com as obrigações eleitorais; Estar em dia com as obrigações militares, quando do sexo masculino; Encontrar-se no pleno exercício de seus direitos civis e políticos; Não ter registro de antecedentes criminais; Ter aptidão física e mental, comprovada mediante exame médico-odontológico, testes físicos e exames psicológicos, conforme Portaria nº 050 – CG/08 e Portaria nº 064 – CG/11.

Último Concurso

O último concurso para a PM/Ba foi no anos de 2012, os candidatos foram avaliados por provas objetivas e dissertativas, A banca organizadora foi a Fundação Carlos Chagas (FCC). A taxa de inscrição cobrada foi de R$70,00. Os candidatos foram avaliados por questões das seguintes disciplinas: Língua Portuguesa; Raciocínio Lógico-Quantitativo; História do Brasil; Geografia do Brasil; Atualidades; Noções de Direito Constitucional; Noções de Direitos Humanos; Noções de Direito Administrativo; Noções de Direito Penal e Noções de Igualdade Racial e de Gênero.

Imprimir