Agentes Penitenciários – Carreira e Remuneração

Agentes Penitenciários

Quem são eles? O que fazem? Como pertencer? Carreira e Remuneração

Os Agentes Penitenciários destacam-se pelo alto grau de profissionalismo, sendo responsáveis pela custódia de presos de alta periculosidade, oriundos de diversos cantos do país.

Compete ao AGEPEN manter a ordem, disciplina, realizar atendimento, escolta, custódia e vigilância de detentos nas unidades prisionais integrantes do Sistema de Administração Penitenciária e dos estabelecimentos penais e de internamento federais, integrantes da estrutura do Departamento Penitenciário Nacional do Ministério da Justiça, e às dependências do Departamento de Polícia Federal; além de serviços de natureza policial como apreensões de ilícitos, revistas pessoais em detentos e visitantes, revista em veículos que adentram aos estabelecimentos prisionais, controle de rebeliões, etc

O último edital publicado de Agente Penitenciário Federal foi em abril de 2015 oferecendo 240 vagas, e no âmbito Estadual, há previsão de abertura de concurso em 2016/2017 para diversos Estados, entre eles São Paulo, Rio Grande do Sul, Mato Grosso, Pará e Pernambuco, somando mais de 4500 vagas.

Importante salientar que os cargos também possuem nomenclaturas diferenciadas de acordo com a UF, como por exemplo: Agente de Segurança Penitenciária, Agente de Atividades Penitenciárias, Agente Prisional, Agente de Escolta e Vigilância Penitenciária, Inspetor Penitenciário, etc.

Sendo 27 Unidades Federativas, é comum a abertura de vários concursos públicos ao longo do ano.

As provas de aptidão física consistem basicamente dos seguintes testes:

  1. Barra fixa
5. Corrida de 12 minutos
  1. Flexão de braços
6. Corrida de 50m
  1. Flexão Abdominal
7. Corrida de 100m
  1. Impulsão Horizontal
8. Meio sugado

O Curso de Formação dura aproximadamente 2 meses.

As remunerações iniciais desses cargos variam de R$ 2.000,00 a R$ 7.000,00, aproximadamente, dependendo do concurso e dos adicionais previstos

A carga horária varia de 40/44 horas semanais ou 192 horas mensais, nos casos de regime de trabalho por plantões.

Desde 2014, os integrantes do quadro efetivo de Agentes Penitenciários podem portar arma de fogo de propriedade particular ou fornecida pela respectiva Instituição, mesmo fora do serviço, nos termos dos seus respectivos regulamentos.

Conheça nosso projeto: http://supremaciaconcursos.com.br/curso/coaching-agepen-2017/

Mais dicas no meu Instagram: https://www.instagram.com/alexandrearaujo_personalcoach/

Imprimir